O Pantanal vive uma das piores estiagens já registradas. Incêndios naturais que, somados a grandes queimadas criminosas, fazem arder um bioma repleto de vida.
Quando a chuva chegar, a cinza dessas queimadas irá para os rios, matando a água e fazendo assim novas vítimas: a vida aquática, e por consequência todos animais que justamente resistiram ao fogo.
É um problema longe de ser resolvido, talvez sem solução. Mas uma coisa é certa. Com ou sem estiagem, fogo natural ou criminoso, muito sobre esse desastre ambiental poderia ser evitado ou amenizado não fosse o desgoverno que finge governar.
A omissão é o maior dos desastres, o maior dos crimes.